Available Filters

Documentar: um novo olhar

Rede Territorial de Educação Infantil da Catalunha

R$45.00

Para compartilhar:

Descrição

A DOCUMENTAÇÃO PEDAGÓGICA COMO AUTOFORMAÇÃO DOCENTE

Este livro que temos o prazer de apresentar aos leitores e leitoras brasileiras vem complementar o Documentação Pedagógica: teoria e prática, já publicado pela Pedro & João Editores. É mais um presente da Associação de Professores Rosa Sensat, de Barcelona, que acumula, com suas publicações, uma contribuição essencial para a construção de uma nova forma de pensar e fazer a educação das crianças pequenas com o protagonismo das crianças que uma educação de qualidade exige.

Nessa mesma perspectiva, além do Documentação Pedagógica: teoria e prática, a Associação também nos presentou com o Ritmos Infantis: tecidos de uma paisagem interior, também publicado pela Pedro & João Editores, e que ensina a todos nós, adultos, a observar uma nova medida do tempo: o tempo e o ritmo dos pequenininhos.

O livro que agora chega ao público brasileiro é um guia – sem receituário – de como documentar lançando mão de fotos e refletindo sobre elas para produzir uma narrativa sobre a vida das crianças na escola de educação infantil e sobre o desenvolvimento que almejamos para as crianças. Ensina a observar e a interpretar as ações das crianças e, a partir daí, fotografar, selecionar e organizar as fotos e, em seguida, a refletir sobre suas ações, perceber suas intenções, suas hipóteses, seus aprendizados e seu desenvolvimento.

A tessitura de fotografias e texto expressa o movimento em que professoras e professores educam o próprio olhar para perceber e aprofundar o conhecimento das crianças, ainda muito novo para todos nós. Sem receita pronta de como fazer, nos propõe uma ferramenta e nos alerta para as possibilidades de como olhar carinhosamente e curiosamente para a ação das crianças: um olhar acima de tudo respeitoso às crianças e às suas formas de ver o mundo, explorá-lo, conhecê-lo e, com isso, constituir sua história e sua humanidade de modo autoral e criador.

Com isso, o livro apresenta uma concepção de criança potente que está em constante atividade, numa constante descoberta de si, do outro, dos objetos e sempre disposta a compartilhar a alegria dessas descobertas; traz luz a uma concepção de infância que valoriza a convivência coletiva das crianças e dá espaço para a construção das culturas infantis.

Em suas linhas, entrelinhas e fotos, concretiza uma visão de educação em que as crianças são protagonistas de sua aventura e conhecimento do mundo em situações organizadas – protagonizadas – pelas professoras e professores, mas também em situações criadas pelas próprias crianças. Essas situações acontecem dentro e fora da sala, com objetos mais elaborados ao mesmo tempo que com objetos naturais, em situações práticas da vida diária, em atividades plásticas e na atividade lúdica. E todos que trabalhamos cuidando e educando bebês e crianças pequenas sabemos que, para isso, bebês e crianças precisam de tempo, tempo em que as crianças são respeitadas por adultos que enxergam e acolhem a potência das ações mais simples dos pequenos.

Com isso, também aprendemos que documentar democratiza o processo de ensinar – esse ensinar que não é sinônimo de dar aula, mas de organizar espaços, materiais, tempos, horizontalizar relações e promover experiências em que bebês e crianças sejam agentes. Documentar democratiza também o processo de aprender, pois permite a reflexão sobre a própria prática, permite a troca entre professoras e professores, entre famílias e professores. Com a documentação, todos aprendemos sobre como bebês e crianças pequenas aprendem e ao observar, conhecer, documentar e dar visibilidade para os processos vividos na escola, podemos descobrir uma nova concepção de criança, de infância, de educação e de escola da infância e, com isso, ampliar para os pequenos suas possibilidades de ação. As próprias crianças podem revisitar os processos vividos.

Enfim, documentar é elemento fundamental da autoformação docente, pois pode ser uma ferramenta por meio da qual nós, professoras e professores, requalifiquemos nosso olhar, nossas práticas e nossa própria reflexão sobre esse processo em que bebês, crianças e docentes vamos construindo uma história juntos.

Por meio de tudo isso, esse livro ilustra o dia a dia na escola de educação infantil em que bebês e crianças estão o tempo todo se relacionando com o mundo que os rodeia, que é pleno de interações, de cultura e de objetos da natureza. Quando a relação com os adultos é orientada por uma concepção de criança capaz, as crianças podem viver sua infância descobrindo o prazer de conhecer. Nas fotos que ilustram as reflexões deste livro, podemos perceber – por meio do envolvimento das crianças, da alegria, das iniciativas, dos pensamentos que lemos nas experimentações documentadas – que a escola pode e deve ser um lugar de encontro de bebês e crianças com o mundo da natureza e da cultura e com o outro… sem estresse, sem imposições, sem tarefas chatas que as crianças fazem para satisfazer adultos com expectativas fora de lugar e de tempo. E, nessa perspectiva, a escola pode e deve ser, também, um lugar para nós, professores e professoras, reencontrarmos calmamente nossas infâncias ao viver com empatia as infâncias dos bebês e das crianças que frequentam nossas escolas de educação infantil.

A cultura dessa nova forma de documentar – esse novo olhar para bebês e crianças e para nossas práticas – está em construção, e não apenas entre nós, brasileiros e brasileiras. Muitos de nós ainda não nos iniciamos nesse trajeto, muitos já caminham descobrindo sua importância para o auto desenvolvimento docente e para a qualidade da educação dos pequenos, outros já avançam adiantados nessa aventura. Oxalá, este livro inspire as redes brasileiras a publicar as suas histórias. Em qualquer ponto do processo em que elas estejam, será seguramente uma contribuição para quem as escrever e para quem as ler.

Sonia Larrubia Valverde
Suely Amaral Mello

São Paulo e São Carlos, junho de 2021.

ainda ficando em casa

Informação adicional

Ano de lançamento

2021

ISBN

978-65-5869-405-2

Número de páginas

165

Autoria

Rede Territorial de Educação Infantil da Catalunha

Formato

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.