Available Filters

Estudos de linguagem: reflexões sobre diversidade. Teorias do texto, do discurso e da tradução

Beethoven Alvarez, Phellipe Marcel da Silva Esteves

Para compartilhar:

Descrição

APRESENTAÇÃO

Uma das ações mais consolidadas do Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagem da UFF é a realização do SAPPIL (Seminário dos Alunos dos Programas de Pós-graduação do Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense), que chegou à sua 11ª edição em 2020.

O SAPPIL é um encontro organizado e promovido pelos alunos de mestrado e doutorado do Instituto de Letras, com o objetivo de estabelecer diálogos em torno de pesquisas em andamento (trabalhos de Iniciação Científica, dissertações e teses), bem como de trabalhos já concluídos no âmbito de nosso programa de pós-graduação. Essa interlocução sempre ocorre com a participação de pesquisadores da UFF e de outras instituições que são convidados ao debate.

Diante de um cenário desafiador provocado pela pandemia de COVID-19, foi necessário que o evento se reinventasse. De fato, os tradicionais encontros presenciais nas dependências do Instituto de Letras, que tanto nos trazem alegria e proporcionam encontros inusitados e frutíferos, não seriam possíveis, em função da observância de medidas de biossegurança. Com isso, a comissão organizadora do evento, com o auxílio da coordenação do PosLing-UFF, foi desafiada a promover a 11ª edição do evento em ambiente virtual, com o apoio das novas tecnologias da comunicação e da informação.

Associados ao XI SAPPIL, também foram realizados dois outros eventos simultâneos: o II Seminário de Egressos, com expressiva participação de doutores já titulados pelo nosso programa, e a XI JEL – Jornada de Estudos de Linguagem, com a participação de pesquisadores do Brasil e do exterior, organizados em mesas-redondas que representam as três linhas de pesquisa do PosLing-UFF. Toda a programação transcorreu no intervalo de 26 de outubro a 20 de novembro, em quatro semanas de muitas atividades.

O tema do evento, “Reflexões sobre diversidade”, foi inspirado em um novo avanço na gestão do PosLing-UFF: a implementação de políticas de ação afirmativa em nosso processo seletivo e no funcionamento do programa. De fato, pela primeira vez em sua história, a seleção para o mestrado reservou 50% de vagas para negros (pretos e pardos), uma vaga para indígenas, uma vaga para pessoas com deficiência e uma vaga para pessoas trans (binárias, não binárias e travestis). Com isso, o Programa reafirma sua participação em ações voltadas à necessária redução das desigualdades sociais que tanto assolam nosso país, por meio de uma política genuinamente reparadora e inclusiva.

O presente volume, composto de 42 capítulos, é oriundo de reflexões surgidas a partir de trabalhos orientados pelos docentes da Linha 2 do Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagem. Essa linha de pesquisa, denominada “Teorias do texto, do discurso e da tradução”, é calcada em investigações que se dão no âmbito de teorias diversas (semiolinguística, semiótica, linguística textual, estudos de tradução e análises do discurso de distintas matizes) e que colocam os fatos de linguagem em profunda relação com a construção de sentidos ante processos de interpretação.

Os capítulos deste livro estão organizados em cinco grupos. Essa distribuição das pesquisas cumpre uma função estritamente didática, visto que seriam possíveis muitas aproximações entre trabalhos aqui organizados em diferentes blocos. Neste volume, decidimos nos apoiar justamente nos aportes teóricos de cada trabalho. Entretanto, recomendamos a leitura integral do livro para o reconhecimento de convergências e divergências nos objetos de estudo e em seu tratamento.

No primeiro bloco, estão os trabalhos em Teoria de Análise do Discurso Semiolinguística. Essa perspectiva teórica está associada à disciplina “Semiolinguística”, oferecida regularmente em nosso Programa, que se desenvolve a partir das proposições do pesquisador francês Patrick Charaudeau. Dessa visada teórica, a linguagem é compreendida em seu aspecto sociolinguageiro, enquanto um veículo de comunicação social. A esse escopo teórico estão associados os 18 primeiros capítulos desta obra, que contemplam percursos de pesquisa por corpora diversos. A literatura ilustrada e a leitura semiolinguística de contos literários, o cartum e os textos argumentativos em variados suportes são trazidos para análise pelos pesquisadores dessa área. Também os discursos midiáticos são objeto de atenção dos autores reunidos nesse primeiro bloco: o discurso publicitário, o discurso jornalístico em jornais e revistas informativas com circulação semanal, e ainda as revistas femininas estão entre os materiais analisados. Em suas relações com o midiático, o discurso político é ainda objeto de análises semiolinguísticas, reunidas neste volume, assim como discursos sobre a pandemia de COVID-19 e discursos sobre as mulheres em nossa sociedade.

No segundo bloco, estão reunidos os trabalhos que se voltam à Semiótica. Perspectiva teórica que se desenvolve a partir dos trabalhos de A. Greimas, na França, e que também dá nome a uma das disciplinas oferecidas pelo Programa, a semiótica dedica-se à análise de textos em suas mais variadas formas – verbais, não-verbais, sincréticas -, buscando compreender os modos de geração dos sentidos. Os quatro capítulos de estudos semióticos, presentes nesta coletânea, trazem análises atuais, algumas delas voltadas às materialidades digitais, a exemplo do daily vlog e dos booktubes, canais literários do YouTube, e a outras práticas, tais como a entrevista de emprego ou processos tradutórios do italiano para o português, com foco nos tratamentos a pessoa e espaço.

No terceiro bloco, organizam-se os capítulos que partem do aparato teórico da Linguística Textual. Calcados em analisar processos de referenciação, os dois trabalhos presentes neste livro buscam observar a construção de objetos discursivos. O primeiro se propõe a estudar a relação entre texto e discurso na obra O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna; o outro se dedica, propondo unir teoria e prática pedagógica, a apresentar uma análise linguístico-textual de uma gramática destinada ao Ensino Médio.

No quarto bloco, aparecem os textos que se vinculam ao campo dos Estudos da Tradução. O nome da disciplina no plural explicita já de início seu diálogo com várias áreas do conhecimento e sugere diversidade de práticas, teorias e métodos. Os dois trabalhos agrupados aqui deixam claras as múltiplas possibilidades de abordagens desse campo de pesquisa. De um lado, um dos textos, de crítica da tradução, analisa procedimentos tradutórios com base nas teorias de Antoine Berman e dos estudos de Jacques Derrida e Márcio Seligmann; de outro lado, o segundo texto, com o objetivo de propor uma tradução poética e comentada do canto VIII da Eneida, de Virgílio, busca unir a prática da tradução literária a pesquisas ligadas aos Estudos Clássicos.

Por fim, no último bloco, estão agrupados os trabalhos de pesquisa do eixo temático Análises do discurso. São 16 trabalhos que marcam a pluralidade dos estudos discursivos no PosLing-UFF, representados pela análise de discurso materialista, que se desenvolve a partir dos trabalhos do filósofo francês Michel Pêcheux; pela análise do discurso de base enunciativa, fortemente relacionada às proposições do pesquisador francês Dominique Maingueneau; e pelos estudos dialógicos do discurso, que têm sua origem nas teorizações do Círculo de Bakhtin, Volóchinov e Medviédev. Nesse conjunto de textos, voltados à análise dos processos de produção de sentidos, estão capítulos dedicados a análises de corpora diversos, em suas diferentes condições de circulação. Os discursos sobre a Educação e os discursos das políticas educacionais no Brasil; as discursividades dos/nos livros didáticos; e dizeres em circulação em apostilas e questionários são alvo de análises; assim como o discurso jurídico, os discursos de/sobre mulheres, e o discurso político e(m) diversas práticas discursivo-midiáticas.

Em seu conjunto, este volume apresenta um panorama das pesquisas de mestrado e doutorado, em andamento ou recém-concluídas, no campo dos estudos do texto, do discurso e da tradução, em nosso Programa. E, mais que isso, traz em seu conjunto uma forte característica das pesquisas desenvolvidas na Linha 2: o comprometimento com análises sólidas, consequentes teoricamente e atentas à diversidade que caracteriza a nossa formação social.

Desejamos a todos uma ótima leitura.

Beethoven Alvarez (UFF)
Phellipe Marcel da Silva Esteves (UFF/Faperj/FEC-PMN)
Silmara Dela-Silva (UFF/Faperj)

Organizadores

Informação adicional

Ano de lançamento

2021

ISBN [e-book]

978-65-5869-103-8

Número de páginas

574

Organização

Beethoven Alvarez, Phellipe Marcel da Silva Esteves

Formato