EDUCAÇÃO INFANTIL NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA – Débora Cristina Sales da Cruz Vieira; Rhaisa Naiade Pael Farias; Simão de Miranda (Organizadores)

-30%

EDUCAÇÃO INFANTIL NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA – Débora Cristina Sales da Cruz Vieira; Rhaisa Naiade Pael Farias; Simão de Miranda (Organizadores)

R$35,00R$50,00

Débora Cristina Sales da Cruz Vieira; Rhaisa Naiade Pael Farias; Simão de Miranda (Organizadores) !@
Educação infantil na perspectiva histórico-cultural: concepções e práticas para o desenvolvimento integral da criança. São Carlos: Pedro & João Editores, 2020. 219 p.
ISBN 978-65-87645-59-9 [Impresso]
978-65-87645-90-2 [Digital]
1. Educação infantil. 2. Perspectiva histórico-cultural. 3. Desenvolvimento integral da criança. I. Autoras/autores. II. Título.
CDD – 370

Em estoque

SKU: PE226806 Categoria:

Descrição

Apresentação (Trecho inicial)

Professor Dr. Simão de Miranda

Educação Infantil na Perspectiva Histórico-Cultural: Concepções e Práticas para o Desenvolvimento Integral da Criança. Este livro, coorganizado por mim e pelas professoras Débora Cristina Sales da Cruz Vieira e Rhaisa Naiade Pael Farias, também autoras, por várias razões é um marco na literatura de referência pedagógica brasileira voltada a quem atua na Educação Infantil. Primeiro, por ter se constituído a partir de um curso de Especialização em Educação Infantil à luz da Teoria Histórico-Cultural, que reuniu estudantes já profissionais na Educação Infantil com diferentes níveis de conhecimentos teórico-práticos, mas ansiosos e exigentes por experiências que arejassem seus fazeres na escola da infância. A motivação pela produção desta obra legitimou-se pela necessidade de oferecer, incialmente ao público participante do curso, produções originais, autorais e contextualizadas das disciplinas que compunham a referida Pós-Graduação, elaboradas pelo seu corpo docente. Entretanto, sabíamos de antemão que atenderia igualmente um vasto público interessado por esta perspectiva teórica na Educação Infantil e, assim como nós, tem dificuldade em se repertoriar com o conteúdo disponível no mercado livreiro.

Quando idealizei o curso de Especialização em Educação Infantil à luz da Teoria Histórico-Cultural, um desconforto apontou para uma demanda. Teríamos que empreender esforços intelectuais e, por que não, braçais, para reunir textos avulsos de autores diversos que atendessem às programações das disciplinas. O desafio se avolumava dada a originalidade da nossa proposta: articular a docência na Educação Infantil à Teoria Histórico-Cultural, nas suas dimensões teóricas, metodológicas e epistemológicas. Este ineditismo é outra razão que qualifica esta obra, ora ofertada aos profissionais na Educação Infantil, assim como a estudantes de graduação em Pedagogia e Psicologia, de pós-graduações em nível de lato e stricto senso no campo da Educação, Psicologia e Psicopedagogia.

Assim, esta obra cobre uma formação ampla e consistente para uma Educação Infantil em espaços de educação não doméstica, que considere as crianças e suas aprendizagens e desenvolvimento nas suas dimensões mais plurais. Sua terceira razão sustenta-se nas profundas implicações das autoras (e deste autor, docentes da Pós-Graduação) com a Teoria Histórico-Cultural, como pesquisadoras acadêmicas e, sobretudo, nas suas próprias práticas por também atuarem em diversos outros espaços com e na Educação Infantil.

Portanto, aqui está Educação Infantil na Perspectiva Histórico-Cultural: Concepções e Práticas para o Desenvolvimento Integral da Criança. São nove capítulos que discutem o que há de mais indispensável no contexto das aprendizagens e desenvolvimento da criança em instituições educativas.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “EDUCAÇÃO INFANTIL NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA – Débora Cristina Sales da Cruz Vieira; Rhaisa Naiade Pael Farias; Simão de Miranda (Organizadores)”