Available Filters

Educação e diversidade: experiência de articulação do ensino com a pesquisa e a extensão na formação de educadores e educadoras do Vale do Jiquiriçá

Aline dos Santos Lima, Arlene Andrade Malta, Patrícia Carla Alves Pena

Para compartilhar:

Descrição

APRESENTAÇÃO

O IF Baiano Campus Santa Inês encontra-se no Território de Identidade do Vale do Jiquiriçá, recorte espacial localizado no semiárido baiano, que apresenta baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) em relação à média do Estado. Também possui unidades escolares com baixo indicador no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Desta forma, este Campus do IF Baiano precisa ocupar lugar estratégico na formação de professores de forma que estes possam intervir e contribuir para a melhoria da qualidade do ensino público ofertado na região, possibilitando maior qualidade para formação do futuro docente e, consequentemente melhores possibilidades de aprendizagem aos estudantes da escola básica – o que, sem dúvida, irá contribuir para o desenvolvimento sócio-cultural e econômico dos municípios do entorno.

Os cursos de licenciatura em Ciências Biológicas e em Geografia ofertados pelo Campus Santa Inês acabaram de completar uma década de existência, e ao longo desses anos fomos amadurecendo e buscando construir perspectivas de formação de professores e professoras cada vez mais arraigadas à realidade e ao contexto local. As experiências junto às escolas de educação básica de diversos municípios que integram esse Território de Identidade, potencializadas pela inserção de nossos licenciandos no universo escolar desde o início do seu processo de formação, tem sido garantida, dentre outros, pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) – desde o edital de 2011, mediatizadas pelos estágios supervisionados também realizados nas redes a partir do 5° semestre dos cursos e por projetos de pesquisa e de extensão. Tal aspecto foi fundamental para o comprometimento de nossos cursos de formação de professores com a defesa pela manutenção, ampliação e aperfeiçoamento da oferta de Educação do 6 Campo; da Educação de Jovens e Adultos e com a garantia da implantação das Leis 10.639/03 e 11.645/08 que tornaram a Educação das Relações Raciais e o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena obrigatórias na Educação Básica. Essa trajetória possibilitou, ainda, o processo formativo de mulheres autônomas no Vale do Jiquiriçá na perspectiva da educação popular e a realização de experiências formativas da Educação Média integrada a Educação Profissional em contexto de Pandemia da COVID-19.

O Laboratório de Prática de Ensino II que integra os referidos cursos de licenciatura do Campus Santa Inês, instituído a partir de 2018, tem funcionado como uma espécie de catalisador de projetos e ações voltadas para o reconhecimento e valorização da diversidade nos projetos e políticas educacionais do Vale do Jiquiriçá. Trata-se de um espaço institucional que tem acolhido Projetos de Ensino como o Grupo de Estudos Negros – GENE, e Projetos de Pesquisa e Extensão em torno da Educação do Campo e da Educação de Jovens e Adultos – ambas, modalidades da Educação Básica contempladas na LDB 9394/96. A Educação do Campo vem se constituindo no Campus através da oferta de componentes optativos, de Projetos de Extensão como “Dicomer e ‘dibeber’ em tempos de veneno na mesa” e “Debatendo com/na escola básica: o uso de tóxicos no agro brasileiro” e ainda do Projeto de Pesquisa “Fechamento e nucleação de escolas do campo no Vale do Jiquiriçá: ressignificando silêncios e resistências a partir da abordagem pós-colonial”; enquanto a EJA vai se afirmando com a instituição do Fórum Regional de EJA e Cursos para Formação docente em caráter de extensão e Especialização Lato Sensu.

A proposta de organização e publicação do livro intitulado “Educação e diversidade: experiências de articulação do ensino com a pesquisa e a extensão na formação de educadores e educadoras do Vale do Jiquiriçá”, representa uma excelente oportunidade para divulgação de produções acadêmicas resultantes de projetos de ensino, pesquisa e extensão atrelados à formação docente a partir de uma perspectiva indissociável entre esses três pilares da formação acadêmico-científica. Será imprescindível para oportunizar a publicação de textos 7 produzidos pelos educandos em parceria com os educadores e por técnicos em assuntos educacionais do campus Santa Inês, potencializando assim a produção acadêmica do IF Baiano.

A publicação de um livro com textos construídos a partir de problemáticas identificadas e vividas no Território de Identidade do Vale do Jiquiriçá é, sem dúvida, uma grande oportunidade para socialização do processo educativo em curso, também capaz de revelar potencialidades dos sujeitos desse território tão múltiplo e diverso – o que não seria possível sem o apoio institucional promovido pela Chamada Interna n°. 07/2020/PROEX/IF Baiano/Apoio à publicação de livros eletrônicos (e-books).

As organizadoras

Informação adicional

Ano de lançamento

2021

ISBN [e-book]

978-65-5869-234-8

Número de páginas

214

Organização

Aline dos Santos Lima, Arlene Andrade Malta, Patrícia Carla Alves Pena

Formato