Available Filters

Narrativas e formação: diálogos universidade e escola

Guilherme do Val Toledo Prado, Liana Arrais Serodio

DOI: 10.51795/9786558694137

Para compartilhar:

Descrição

APRESENTAÇÃO

Estamos juntos em mais uma produção narrativa

Guilherme do Val Toledo Prado
Liana Arrais Serodio
Vanessa França Simas

 

Estamos juntos em mais uma produção narrativa… E isso não é pouca coisa! Constituir parcerias formativas, propiciar momentos de formação coletiva, favorecer a produção de conhecimentos educacionais, é uma marca muito forte de todas e todos os participantes desta produção.

Em nossas histórias formativas, primeiramente do Guilherme, o trabalho com narrativas aconteceu no final de sua graduação e inscreveu-se na sua dissertação de mestrado intitulada “Da busca de ser professor: encontros e desencontros” (PRADO, 1992), defendida e disponibilizada em 1992. O diálogo com diversas referências teórico-metodológicas a partir de uma narrativa em que o narrador conta as peripécias da pessoa do pesquisador e professor, dialoga com diferentes referências teóricometodológicas, em especial com a produção de Bakhtin e Volóchinov. Desde aquele momento, o ato de narrar no contexto dos processos educativos, seja na escola em um primeiro momento, seja na universidade logo em seguida, começou a fazer parte de seu cotidiano docente. E como pesquisador que compreende, nas relações ativas dialogicamente, diferentes concepções de linguagem no ensino da língua no trabalho com as narrativas das professoras, ele seguiu estimulando esse modo de produção singular e presente no cotidiano escolar e educativo.

Ao integrar o GEPEC – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Continuada, o trabalho com narrativas tomou corpo e adensou-se junto às investigações realizadas pelos membros do grupo de pesquisa. Associados aos estudos do cotidiano e à metodologia de pesquisa-ação, a perspectiva narrativa e o ato de narrar — tanto nos processos formativos quanto nos processos investigativos — foram ganhando espaço em contextos educativos no curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Unicamp.

Ao tomar contato com a perspectiva narrativa de investigação, a Liana desenvolveu seu trabalho de doutorado, intitulado “Composição musical, interpretação e escuta: uma aproximação semioética para a didática da música na escola básica” (SERODIO, 2014), em que conta seu trabalho com ensino de música nos anos iniciais do ensino fundamental, orientada pelo ato de narrar no empenho em dizer verbal da música musical como uma “escrita-evento”(SERODIO; PRADO, 2017) única e singular, como também por um forte aprofundamento nas problematizações do Círculo de Bakhtin1 e pela radical assunção desta perspectiva filosófica de linguagem nos estudos de Augusto Ponzio (2008; 2013) e Susan Petrilli (2013).

Informação adicional

Ano de lançamento

2021

ISBN

978-65-5869-412-0

ISBN [e-book]

978-65-5869-413-7

Número de páginas

214

Organização

Guilherme do Val Toledo Prado, Liana Arrais Serodio

Formato