Available Filters

Pierre Bourdieu e os estudos do campo educacional

Cláudia Valente Cavalcante, Dayane Camelo Silva, Hellayny Silva Godoy de Souza, Iúri Ribeiro

Para compartilhar:

Descrição

APRESENTAÇÃO

O livro Pierre Bourdieu e os Estudos do Campo Educacional articula as produções acadêmicas de pesquisas desenvolvidas em três campos da epistemologia bourdieusiana – cultura, ciência e educação, embora suas produções tenham coberto muitos outros campos.

Há 20 anos, o filósofo e o sociólogo francês Pirre Bourdieu (1930- 2002) partiu e deixou um conjunto de obras instigantes e questionadoras que foram sendo apropriadas por diversos campos do conhecimento. Por suas posições enervantes e audazes, confrontou a Sociologia cunhando um lugar entre os clássicos e, ao mesmo tempo, criou um corpo teórico-conceitual e metodológico próprio, o que lhe conferiu notoriedade no campo científico. A sua posição de um intelectual provocador suplantou as divisões da cultura acadêmica e inovou em muitos aspectos, o que, também, foi intensamente criticado por suas audácias.

As antinomias históricas nas Ciências Sociais (conhecimento objetivo e subjetivo; material e simbólico; prática e teoria) foram questões de preocupação de Bourdieu e que o levou a propor rompimentos com as fronteiras disciplinares e metodológicas investigando os mais distintos objetos: camponeses, arte, linguagem, políticas, escola, literatura, ciências, a partir de um ângulo imprevisto e com argumentos teóricos e filosóficos dos mais abstratos a modelos estatísticos.

A recepção da sua obra, nos anos de 1970, no campo da educação, no Brasil, foi provocadora e suscitou críticas acirradas, em princípio, por conta das suas análises ao papel dual da escola enquanto, também, instância reprodutora das desigualdades sociais e escolares. A despeito das críticas, no entanto, o seu legado proporcionou reflexões com grande contribuição, a partir dos conceitos sistêmicos da sua teoria, para a leitura do mundo contemporâneo em que as formas simbólicas de disputas e lutas concorrenciais evidenciam-se nos estudos das relações sociais em distintos espaços sociais.

A ideia do Dossiê é trazer à luz novos conhecimentos elaborados a partir do legado bourdiesiano e registrar a importância dos estudos com base nesse legado em um momento em que se homenageia o autor. Desse modo, o livro contém oito artigos de pesquisadores da área de Educação ou que se articula com este campo que tem como referencial teórico Pierre Bourdieu, objetivando, passadas algumas décadas de sua formulação, atualizar os debates sobre os fenômenos sociais da atualidade, mas também aqueles que problematizam seus limites objetivos. Cada autor, deste livro utilizou Bourdieu em suas próprias pesquisas e produções, aceitando o desafio de tratar os conceitos boudiesianos a partir de suas perspectivas.

Para auxiliar na leitura, os capítulos foram organizados a partir das dimensões que os mesmos englobam e podem ser lidos individualmente ou em conjunto. Individualmente, debatem temáticas diversas como os jovens e a juventude, a educação e a própria construção do objeto a partir dos conceitos presentes na teoria de Bourdieu. Em conjunto, nos permitem visualizar os modos que estes conceitos se interconectam a partir de um pano de fundo e da história.

[…]

Hellayny Silva Godoy de Souza
Iúri Ribeiro
Christiane Marques Moisés Cardoso

Informação adicional

Ano de lançamento

2022

ISBN

978-65-5869-872-2

ISBN [e-book]

978-65-5869-874-6

Número de páginas

152

Organização

Cláudia Valente Cavalcante, Dayane Camelo Silva, Hellayny Silva Godoy de Souza, Iúri Ribeiro

Formato

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.