Available Filters

Proposta de ensino da frase em língua portuguesa: papel sintático e semântico dos elementos vinculados ao verbo

Aparecida Feola Sella

Para compartilhar:

Descrição

APRESENTAÇÃO

Este livro decorre de pesquisa desenvolvida por Sella (2000), na tese de doutorado, em que o enfoque foi a estrutura da frase em língua portuguesa. Trata-se de parte da tese que ainda não havia sido publicada em formato de livro.

Objetivamente, algumas observações são necessárias nesta apresentação. A primeira delas reside em uma opção, pautada na visão de que o verbo é o elemento central da frase, formada por uma oração. A outra diz respeito ao conceito de frase. Ignácio (1986/1987), já há algum tempo, explicou que o verbo desencadeia

[…] na sua significação os elementos representativos da dinâmica e da coerência das relações entre os OBJETOS e o universo biofísico em que se localizam. Assim ele deverá traduzir, por um lado, as relações possíveis entre o homem e o mundo que o cerca, assim como todos os fenômenos que envolvem a pessoa humana como ser pensante — tanto no que diz respeito aos sentimentos experimentados quanto às realizações de intercâmbio social. Por outro lado, o VERBO deverá dar conta de todos os fenômenos verificados no universo, ainda que se realizem sem a interferência do homem. Dir-se-á, então, que o VERBO expressa um fato ou um fenômeno que envolve a participação dos OBJETOS num determinado tempo no espaço limitado pelo universo onde tais elementos se localizam (IGNÁCIO, 1986/1987, p. 25).

O autor refere-se à “previsibilidade do verbo, relativa ao número e à natureza dos participantes” (IGNÁCIO, 1986/1987, p. 34) (o que equivale a sujeito, objeto direto e objeto indireto, grosso modo). E o verbo, ao ser concebido como o centro da estrutura da frase, gera a aceitação de que se trata, neste caso em particular, de uma frase formada por uma oração, o que confere uma “frase formalmente mais complexa, tendo em vista a explicitação de elementos linguísticos e a sua estruturação sintática definida” (IGNÁCIO, 1986/1987, p. 18).

O termo frase, aqui, é considerado sinônimo de oração, por vezes, porque se considera somente a frase complexa, formada por um verbo. Não serão consideradas frases formadas por períodos compostos por coordenação e subordinação, uma vez que se pretende apenas lidar com a relação do verbo com os elementos que completam o sentido que o lexema (verbal) rege.

O texto está estruturado de forma a facilitar o entendimento de oração que se distingue do promovido pelos manuais tradicionais. No primeiro capítulo, apresenta-se o verbo como elemento sintático, conforme abordagem disposta na gramática tradicional e mais ampla e comumente difundida. A abordagem do verbo no segundo capítulo, e a que esta obra se dispõe a discutir mais especificamente, apresenta o princípio de que se trata de elemento central da oração, ao qual os demais termos estão subordinados. O terceiro capítulo discorre sobre a organização da estrutura sintáticosemântica da oração, considerando os grupos Origem, Suporte, Meta e Circunstancial. No quarto capítulo, em que se realiza uma abordagem voltada para o ensino, discute-se sobre como a oração (e o verbo) tem sido ensinada em sala de aula, a partir dos livros didáticos. Por fim, o quinto capítulo é reservado para a inserção de comentários finais e conclusivos com relação à abordagem do verbo discutida nos capítulos deste livro.

Externamos agradecimentos à Capes, à Unioeste, e em particular aos Colegiados de Graduação em Letras/Campus de Cascavel e aos Programas de PósGraduação Stricto Sensu em Letras, Acadêmico e Profissional, da Unioeste.

Informação adicional

Ano de lançamento

2020

Autoria

Aparecida Feola Sella

ISBN [e-book]

978-65-990019-8-7

Número de páginas

105

Formato