Available Filters

Ensaios filosófico-educacionais: teoria crítica e educação. Vol 2.

Bruno Pucci

DOI: 10.51795/9786558694915

Para compartilhar:

Descrição

INTRODUÇÃO

Esta é a segunda coletânea de ensaios filosóficoeducacionais escritos, individualmente e/ou em parceria, que, em tempos de aposentadoria, de pandemia e de reavaliação de minha vida profissional, resolvi republicá-los, em forma de ebook gratuito. A iniciativa gratificante de elaborar as coletâneas Ensaios Estético-Filosóficos: Teoria Crítica e Educação, Vol. 1 e 2, me levaram a fazer o mesmo com os ensaios filosóficoeducacionais, que são mais numerosos e representativos de minha experiência como docente, pesquisador e orientador de graduandos, mestrandos e doutorandos, nos Programas de PósGraduação em Educação da UFSCar e da UNIMEP.

São 20 textos acadêmico-científicos, a maioria deles em forma de ensaios e em diálogo com as reflexões filosófico-educacionais dos pensadores da Teoria Crítica da Sociedade, particularmente Theodor Adorno, Max Horkheimer e Walter Benjamin.

Doze dos textos aqui apresentados foram publicados em revistas cientificas, nove deles como artigos e os outros três como entrevistas de professores do PPGE/UNIMEP; sete ensaios foram publicados como capítulos de livros. Apenas um é inédito, o III. “Desenvolvimento tecnológico, formação em nível superior e mercado de trabalho”, de 2009. Em cada texto destaco, em nota de rodapé, a Revista Científica e/ou o Livro, em que foi publicado.

Treze textos foram escritos apenas por mim e divulgados em meu nome; os outros sete tiveram a participação de parceiros vinculados a Programas de Pós-Graduação. Nomeio-os:

1). Tecnologia como forma de violência na educação básica, publicado em 2018, escrito em parceria com Josianne F. Cerasoli (UNICAMP);

2). Educação a Distância, Qualidade do Ensino, ambivalências, publicado em 2012, como entrevista realizada pela jornalista Márcia Rosane Junges do Instituto Humanitas da UNISINOS, na Região Metropolitana de Porto Alegre, RS;

3). Relação atual entre Educação e Teoria Crítica da Sociedade no Brasil, publicado em 2015, escrito em parceria com Luzia Batista de O. Silva (Universidade São Francisco);

4). Teoria Crítica, natureza, sociedade: crises, publicado em 2011, escrito em parceria com Fabio Akcelrud Durão (UNICAMP);

5). José Luiz Sigrist: docente, orientador e coordenador do PPGE/UNIMEP, publicado em 2003, como entrevista, com a participação de Júlio Romero Ferreira (UNIMEP) e Cleiton de Oliveira (UNIMEP) como entrevistadores;

6). O enfraquecimento da experiência na sala de aula, publicado em 2007, escrito em parceria com Newton Ramos de Oliveira (UNESP-Araraquara);

7). Elias Boaventura, professor, orientador, reitor da UNIMEP: da coragem à generosidade, publicado em 2014, como entrevista, com a participação de Júlio Romero Ferreira (UNIMEP) como entrevistador.

Os ensaios da Coletânea abordam temáticas específicas, debatidas e apresentadas em momentos diferentes, mas elaboradas de forma crítica e construtiva, sempre na perspectiva de uma possibilidade emancipatória. Dois ensaios foram escritos no final do século XX (1997 e 1999); sete nos primeiros dez anos do século XXI; e os outros onze na segunda dezena do século em que vivemos atualmente. As temáticas variam e se complementam mutuamente, como se manifestam a seguir:

Os três primeiros ensaios abordam questões filosóficoeducacionais relacionadas ao uso das novas tecnologias na educação básica, na formação universitária e na educação à 11 distância. Esses três textos se vinculam à linha de pesquisa “Tecnologia, Cultura e Formação” que orientou minhas investigações e produções científicas de 2003 a 2016.

No primeiro ensaio “Tecnologia como forma de violência na educação básica”, publicado em 2018, analisa -se a violência “sutil e insidiosa” das OSCIPs – Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público –, criadas e sustentadas por empresários e dirigentes vinculados aos interesses do capitalismo neoliberal, que se apresentam como parceiras colaborativas sem fins lucrativos na gestão de escolas, particularmente do ensino médio. Neste ensaio destacamos duas OS, a “Todos pela Educação”, criada em 2006 e a “Aliança Brasileira pela Educação”, de 2016, que continua, reformulada, as experiências da “Conspiração Mineira pela Educação”, da Fundação Pitágoras, desde 2006.

O segundo ensaio, “Desenvolvimento tecnológico, formação em nível superior e mercado de trabalho”, apresentado inicialmente como conferência em uma Instituição Universitária privada, abordou diretamente três dimensões da expansão das tecnologias digitais no ensino superior, nos anos 2009: A ambiguidade do desenvolvimento tecnológico; A invasão das novas tecnologias nas salas de aulas e nas atividades dos docentes e dos discentes; Reflexões sobre questões que o desenvolvimento tecnológico traz para a formação do universitário.

O terceiro texto é a primeira das três entrevistas que publico neste e-book, em que respondo às questões elaboradas pela jornalista acima nomeada, da UNISINOS, sobre e Educação a Distância: “qualidade do ensino; ambivalências”. A entrevista foi publicada em 2012.

Os seis textos, a seguir, abordam questões diretamente relacionadas à Filosofia da Educação, à Teoria Crítica da Sociedade e à dimensão negativa da Filosofia em Adorno.

[…]

Piracicaba, agosto de 2021 Bruno Pucci

 

Informação adicional

Ano de lançamento

2021

Autoria

Bruno Pucci

ISBN [e-book]

978-65-5869-491-5

Número de páginas

398

Formato