Available Filters

Estudos de linguagem: reflexões sobre diversidade. Teoria e análise linguística

Ivo da Costa do Rosário, Luciana Sanchez Mendes

Para compartilhar:

Descrição

APRESENTAÇÃO

Uma das ações mais consolidadas do Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagem da UFF é a realização do SAPPIL (Seminário dos Alunos dos Programas de Pós-graduação do Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense), que chegou à sua 11ª edição em 2020.

O SAPPIL é um encontro organizado e promovido pelos alunos de mestrado e doutorado do Instituto de Letras, com o objetivo de estabelecer diálogos em torno de pesquisas em andamento (trabalhos de Iniciação Científica, dissertações e teses), bem como de trabalhos já concluídos no âmbito de nosso programa de pós-graduação. Essa interlocução sempre ocorre com a participação de pesquisadores da UFF e de outras instituições que são convidados ao debate.

Diante de um cenário desafiador provocado pela pandemia de covid19, foi necessário que o evento se reinventasse. De fato, os tradicionais encontros presenciais nas dependências do Instituto de Letras não seriam possíveis, em função da observância de medidas de biossegurança. Com isso, a comissão organizadora do evento, com o auxílio da coordenação do POSLINGUFF, foi desafiada a promover a 11ª edição do SAPPIL em ambiente virtual, com o apoio das novas tecnologias da comunicação e da informação.

Associados ao 11º SAPPIL, também foram realizados dois outros eventos simultâneos: o II Seminário de Egressos, com expressiva participação de doutores já titulados pelo nosso programa, e a XI JEL – Jornada de Estudos de Linguagem, com a participação de pesquisadores do Brasil e do exterior, organizados em mesas redondas que representam as três linhas de pesquisa do POSLING-UFF. Toda programação transcorreu no intervalo de 26 de outubro a 20 de novembro de 2020, em quatro semanas de muitas atividades diversificadas.

O tema do evento, “Reflexões sobre diversidade”, foi inspirado em um novo avanço na gestão do POSLING-UFF: a implementação de políticas afirmativas em nosso processo seletivo. De fato, pela primeira vez em sua história, a seleção para o mestrado reservou 50% de vagas para negros (pretos e pardos), 1 vaga para indígenas, 1 vaga para pessoas com deficiência e 1 vaga para pessoas trans (binárias, não binárias e travestis). Com isso, o POSLING-UFF reafirma sua participação na necessária redução das desigualdades sociais que tanto assolam nosso país, por meio de uma política genuinamente reparadora e inclusiva.

O presente volume, composto de 24 capítulos, é oriundo de reflexões surgidas a partir de trabalhos orientados pelos docentes da Linha 1 do Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagem. Essa linha de pesquisa, denominada “Teoria e Análise Linguística”, concentra importantes correntes teóricas em voga nos estudos científicos, como o Funcionalismo, o Cognitivismo, o Formalismo, a Sociolinguística Variacionista e outras.

Os capítulos deste livro estão organizados em cinco grupos. Essa distribuição das pesquisas cumpre uma função estritamente didática, visto que seriam possíveis muitas aproximações entre trabalhos aqui organizados em diferentes blocos.

O primeiro bloco, denominado “Combinação de orações em perspectiva funcional”, conta com nove trabalhos e propõe um conjunto de estudos sobre a hipotaxe, o encaixamento e o papel funcional-discursivo dos conectores em língua portuguesa. Essas pesquisas ora tomam como ponto de partida a abordagem construcional da gramática, ora se fundamentam em perspectivas mais clássicas dos estudos funcionalistas. O segundo bloco, intitulado “Língua em uso e cognição”, contempla um grupo de seis pesquisas que discutem o papel dos elementos de natureza verbal e adverbial no português, construções de caráter lexical e um outro olhar sobre a variação, calcado na Sociolinguística Cognitiva. O terceiro bloco é dedicado aos estudos da metáfora em diferentes perspectivas. Os três trabalhos desse bloco discutem a relação da metáfora com os determinantes, com animais e frames e, por fim, com a conceptualização de “amor” em letras de música. O quarto bloco é integrado por trabalhos realizados na perspectiva da Sociolinguística Variacionista. Os capítulos discutem estratégias de relativização e a questão da colocação pronominal. Por fim, o quinto bloco apresenta um grupo de três trabalhos associados às áreas de Semântica e Pragmática. Nesse último capítulo, discutem-se a morfologia verbal, o fenômeno da dêixis e a questão dos atos de fala de ordens e pedidos em livros didáticos.

Todos esses trabalhos estão associados a quatro disciplinas oferecidas na Linha 1 do Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagem. A disciplina “Língua em Uso” investiga as relações entre a língua e a sociedade, considerando os aspectos da estabilidade e da heterogeneidade linguística, com foco na variação linguística. Também considera fatores condicionantes de variação fonológica, morfológica e discursivo-pragmática. Outra vertente dessa perspectiva considera as pesquisas funcionalistas, nas interfaces entre discurso e gramática por um lado e linguagem e cognição por outro.

A disciplina “Linguagem e Cognição” centra-se especialmente nos processos cognitivos de produção e compreensão da linguagem em relação com outros domínios. Discute a aquisição da linguagem e também prevê diálogos relacionados a questões teóricas e metodológicas nas pesquisas descritivas.

“Estudos em gramática” propõe o estudo da descrição e da análise linguística nas suas mais diferentes abordagens, como, por exemplo, nos processos de variação, mudança, gramaticalização, lexicalização, construcionalização, mudanças construcionais e análises morfossintáticas e semânticas. Analisam-se as línguas em perspectivas sincrônica, diacrônica e pancrônica, com atenção para os aspectos formais ou para a complexidade da relação entre forma e função. Essa disciplina também propõe reflexões sobre gramática e práticas de ensino-aprendizagem.

Por fim, a disciplina “Aspectos semântico-pragmáticos da linguagem” discute a questão da significação e do uso da linguagem, com foco em funções semânticas e na atualização do discurso. Quantificação, modificação, referência e atos de fala são temas de interesse dessa disciplina que se concentra sobre a semântica e a pragmática do ponto de vista formal, cognitivo e de outras perspectivas.

Este volume apresenta o resultado parcial de pesquisas de mestrado e de doutorado ainda em andamento ou recém-concluídas, oferecendo ao leitor um recorte dos trabalhos em desenvolvimento na Linha 1 (“Teoria e Análise Linguística”) do Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem da UFF. Os trabalhos aqui publicados atendem aos interesses de vários leitores interessados nos temas, tanto os iniciantes quanto os já mais experientes.

Desejamos a todos uma ótima leitura.

Luciana Sanchez Mendes (UFF)
Ivo da Costa do Rosário (UFF/Faperj/CNPq)

Organizadores

Informação adicional

Ano de lançamento

2021

ISBN [e-book]

978-65-5869-346-8

Número de páginas

326

Organização

Ivo da Costa do Rosário, Luciana Sanchez Mendes

Formato