Available Filters

Formação de professores e prática pedagógica – Concepções, políticas e ações

Ana Estela Brandão Duarte, Diogo Janes Munhoz

Para compartilhar:

Descrição

PREFÁCIO

Recebi o convite de prefaciar o livro A Formação de Professores e Prática Pedagógica – Concepções, Políticas e Ações, tarefa essa desafiadora e instigante que a fiz com muito carinho e muita responsabilidade. A obra é excelente, com conteúdo rico e esclarecedor, fazendo com que a tarefa fosse prazerosa e o resultado, você pode ver abaixo.

A Profa. Dra. Ana Estela Brandão Duarte, em companhia de Diogo Janes Munhoz, organizaram esta brilhante e atual obra sobre A Formação de Professores e Prática Pedagógica – Concepções, Políticas e Ações. Este livro nasce de uma coletânea de diversos ensaios de pesquisadores que vêm discutindo essa temática, em artigos, congressos, dissertações ou teses e colocando em foco as barreiras enfrentadas, tanto para aquele que busca sua formação inicial, quanto para quem busca uma formação continuada.

Pelo contexto e pela atualidade, o livro acaba sendo um material imprescindível para os alunos de todas as licenciaturas, mas principalmente para os alunos de Educação e Pedagogia.

Com a sua experiência em orientar teses de doutorado e dissertações de mestrado, ela consegue, juntamente com Diogo Munhoz, ter uma percepção da problemática do tema, e de como esses hiatos na formação docente, terão reflexos nas práticas pedagógicas.

É um livro que com certeza deixa de ser uma leitura complementar e passa a ser uma leitura obrigatória, tal a sua relevância, ao levar o leitor a conhecer políticas que estão sendo adotadas para instrumentalizar os professores, trazendo-lhes os desafios da educação especial e da educação inclusiva.

As discussões percorrem desde a formação do professor especialista, até a formação continuada, com essa formação que é um instrumento para o educador do ensino básico, fazendo com 8 que ocorram impactos na formação continuada e reflexos, nos professores do ensino médio.

Por essa obra ser atual, ela não poderia deixar de discutir como se dá a formação docente no ensino remoto emergencial. Essa “pandemia Covid-19”, que provocou o isolamento social e o fechamento parcial ou completo das instituições, interferiu na educação que é um direito de todos, sem mesmo considerar a desigualdade social, inclusive na formação e na prática docente.

A Formação Continuada em Serviço, também é discutida na obra, trazendo um exemplo prático da sua aplicabilidade, e essa deve constar nas políticas públicas, pois ela está definida nas metas do PNE e no PME.

Demonstrando sua atualidade, a obra faz um paralelo da Formação Continuada dos Professores antes e durante a pandemia, trazendo os novos paradigmas que permeiam o contexto atual da educação na sociedade globalizada. Em um cenário de transformação e contextualização, a Formação Continuada é de extrema importância e relevância na prática docente nos espaços formais e não formais do ensino.

Para um melhor entendimento das temáticas, há um levantamento histórico da formação docente no Brasil que percorre desde a criação das escolas normais, com a forte presença das concepções positivistas e iluministas, até chegar aos dias de hoje, com uma concepção produtivista, sem deixar de lado a valorização profissional do docente.

O livro traz também um estudo sistematizado sobre a formação continuada dos professores na educação infantil e suas práticas pedagógicas. O educador infantil é responsável pela dimensão educacional do atendimento às crianças, tanto ao interagir diretamente com elas, quanto a assumir o planejamento, a coordenação e a supervisão da educação.

As ferramentas computacionais e o seu papel agregador no processo de formação do pesquisador não foram esquecidos. Sendo assim, o estudo nos mostra também como um exemplo, uma visão do pesquisador microbiologista. A pesquisa é uma atividade 9 essencial na existência universitária. Por meio dela, perpassam outros importantes caminhos. A utilização da inteligência artificial permite que sistemas simulem uma inteligência que consegue imitar a humana, amparado por um conjunto de regras que permitem a um computador tomar as melhores decisões.

Para finalizar a obra, há uma rica discussão sobre a formação docente e os desafios e perspectivas para a inclusão escolar. Apesar de muitos aparatos legais sobre a inclusão escolar, fruto de lutas de grupos sociais que se mobilizaram ao longo do tempo, é possível constatar que ainda há barreiras na escola regular que impedem uma educação justa e de qualidade para estudantes com necessidades educacionais especiais. Essa triste realidade angustia muitos dos profissionais docentes que não têm dado conta de atender as singularidades desses educadores.

Um grande abraço e uma ótima leitura a todos!

Carlos Alberto Ribeiro Barbosa

Informação adicional

Ano de lançamento

2021

ISBN

978-65-5869-246-1

ISBN [e-book]

978-65-5869-249-2

Número de páginas

179

Organização

Ana Estela Brandão Duarte, Diogo Janes Munhoz

Formato